SABEDORIA

Como é feliz o homem que acha a sabedoria, o homem que obtém entendimento, pois a sabedoria é mais proveitosa que a prata e rende mais que o ouro. É mais preciosa que rubis; nada do que você possa desejar se compara a ela. Na mão direita, a sabedoria lhe garante a vida longa, na mão esquerda, riquezas e honra. Os caminhos da sabedoria são caminhos agradáveis e todas as suas veredas são paz. (Provérbios 3:13-17)

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

PAROLES


Escrevo para viver o instante

para sentir-me viva

as palavras ecoam da mente e vão morar no papel

escrevo para resguardar uma emoção que se perde em horas mortas

mas as palavras não me pertencem elas brincam com meu frágil ser

sou escrava delas, em mim fazem morada, depois voam para longe

escrevo como alguém que busca a nascente de si mesma e se afasta do rumo certo

escrevo para encontrar nas palavras o nada, pois elas nada dizem

palavras se exalam como o perfume no ar

palavras não têm rumo certo

vêm e vão, ninguém sabe de onde, para onde.

Elzenir Apolinário

21 comentários:

  1. Genial tus letras claro se siente la emocion que plasman en ellas lo que quiere trasmitir y que asi se siente al leer.. bello muy bello... te felicito...

    Bello comienzo de semana
    abrazos
    saludos

    ResponderExcluir
  2. Eu voltei.
    Eu ñ sei o que acontece mas...eu voltei.
    Estava sentindo saudades daqui,te encontrei em outro blog amigo.
    Eu já ñ tenho os blogs na minha lateral,nem sempre entro no painel pq ñ da tempo,voltei a trabalhar e o tempo é bem curto.
    Acabo por identificar os blogs pelos links que chegam por imail pois meus comentários são só aceitos depois que aprovo.
    Automaticamente vc acaba por visitar quem te visita mas sem ser de propósito.
    Bela postagem e de muito bom gosto.
    Beijokas millll.

    ResponderExcluir
  3. Agora que li o seu comentário.
    Vou lendo e respondendo por etapa e cheguei em vc agora,eu vim aqui antes de saber que me visitou rsrsrsrs.
    Obrigado flor pela visita.
    Um beijo grannnnnnnnnnnde.

    ResponderExcluir
  4. Ao ler o seu belo poema, lembro que também gosto de construir versos. São versos que encobrem os vazios que existem dentro de mim. Então escrevemos o que sonhamos e sentimos.
    Escreva sempre preciosidades como esta.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. As palavras são nossas mais belas formas de expressão dos sentimentos,,,do coração e da alma....elas tem vida propria...grande beijo de bom dia pra ti querida.

    ResponderExcluir
  6. Oi,Elzenir. Bem, já disse isso algumas vezes. Dzem por aí que palavras são só palavras,só se for pra quem não sabe usar. E voc~e sabe. E nós,poetas, temos a magia de colocá-las no papel, perpetuando-as. Palavras são marcantes sim,eu guardo tudo que ouço, tomo sempre comp aprendizado.
    Bem,sobre a pergunta, eu só não respondi porque vi que você ia sair de férias, pensei que não leria,ou então eu responderia depois. Mas volte ao meu blog, acho que no antipenúltimo post( DICAS ÀS MULHERES) sem querer eu acabei te respondendo. Beijos e parabéns pelo poema.

    ResponderExcluir
  7. escrever é cuidar da vida-instante, sim. bonito isso. beijos!

    ResponderExcluir
  8. Como flui bonita sua inspiração amiga, usa as palavras como uma melodia. Adorei! Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  9. Poeta, obrigada, nem pensei q tinha ficado tão bom assim. Curioso é que o compus ouvindo uma musica de B.B.King que fala sobre a emoção que se esvai. Obrigada Bjs

    ResponderExcluir
  10. Pérola, o tempo realmente é curto pra tantas visitas que são necessárias. Há tantos bons escritores que merecem um cantinho do nosso tempo, mas ficamos restringindo aso que nos visitam. Da minha parte, gosto de sempre visitar os que se afastam, para restabelecer contato. Obrigada pelo carinho. Bjs

    ResponderExcluir
  11. Machado,vc é novo por aqui, então, seja muito bem-vindo ao meu humilde lar. É aqui que procuro minha verdadeira essência. Muito obrigada pelasa palavras elogiosas, o poema surgiu da emoção ou da falta dela. Bjs

    ResponderExcluir
  12. Everson, pensamos que manipulamos as palavras, mas são elas que nos manipulam, pois nunca basta tudo o que falamos e nossas escritas se perderão com o tempo; até mesmo as mais belas. Mas claro, continuamos escrevendo. Abração.

    ResponderExcluir
  13. Carlos, obrigada, mas me inquieta a ideia de saber que falamos...falamos e as palavras não bastam para expressar nossos anseios, sentimentos e sonhos. Sou paroles, mas quero também viver. Vou voltar ao blog e ler. lembre-se de que nunca deixo de ler comentários. Bjs

    ResponderExcluir
  14. Ita, acho que mais parece um grito contido na alma que resolveu ecoar. Obrigada. bjs

    ResponderExcluir
  15. Elaine, sempre sabotei meu pendor literário em nome de meu amor pela música, mas com o tempo e o amadurecimento vi que sou feita de paroles o que não impede que em meus versos aconteça uma musicalidade espontânea, como Mário Quintana que tinha o mesmo gosto que eu. Obrigada pelo carinho.Bjs

    ResponderExcluir
  16. escrevo para guardar o instante...

    ResponderExcluir
  17. Mas o instante não me pertence, foi roubado de mim pela máquina do tempo, as palavras foram sopradas ao vento...

    ResponderExcluir
  18. Acho que compreendo você, pois também me sinto assim... Não sei por que escrevo, sei apenas que devo escrever...
    Bjs...

    ResponderExcluir
  19. Sid, vc me compreendeu mesmo!!! Obrigada. Bjs

    ResponderExcluir
  20. Elzenir,
    Lindo quando as pessoas brincam com as palavras. Esse dom de poetisa é maravilhoso! Post belo. Parabéns. Ótima semana para você. Bjs com carinho.

    ResponderExcluir
  21. Lena, seja muito bem-vinda. As palavras é que brincam conosco. Obrigada pelo carinho, tenha também uma bela semana. Bjs

    ResponderExcluir

Releituras