SABEDORIA

Como é feliz o homem que acha a sabedoria, o homem que obtém entendimento, pois a sabedoria é mais proveitosa que a prata e rende mais que o ouro. É mais preciosa que rubis; nada do que você possa desejar se compara a ela. Na mão direita, a sabedoria lhe garante a vida longa, na mão esquerda, riquezas e honra. Os caminhos da sabedoria são caminhos agradáveis e todas as suas veredas são paz. (Provérbios 3:13-17)

terça-feira, 15 de junho de 2010

A LINHA TÊNUE DA VIDA


Depois de uma vida inteira me impressionando com a morte, resolvi entendê-la e aceitá-la. Mas a morte inclui mais coisas que julga nossa vasta ignorância. Em minhas leituras da obra:A menina que roubava livros, de Marcos Zusak, tenho visto o que a narradora indesejada por todos tem a dizer sobre nós, humanos. A morte, como narradora do livro, mostra suas razões e como é árduo seu trabalho. Mas ela se espanta com nossa vontade, gana de viver. Na sua visão, somos frágeis criaturas que se apegam à linha tênue da vida.

Curiosamente ou paradoxalmente o homem se apega à vida do corpo, mas ao mesmo tempo imbui seu espírito de mágoas, egoísmo e maldade. Se o corpo é matéria frágil, por que nos alimentamos desenfreadamente de vaidades, mas descuidamos do nosso espírito que é imortal? Queremos sofregamente manter a semente da vida, uma vida que pode ser vazia, pior que a morte em si, mesmo assim, não queremos partir. Alguns acontecimentos demostram como a vida é efêmera, logo deveríamos viver com qualidade e não com quantidade. Infelizmente não é o que acontece. Nossos minutos de sensatez se esvaem rapidamente ao contato furioso da existência.

Somos autosuficientes demais para admitir nossas fraquezas, soberbos demais para encarar nosso fim, por isso agarramo-nos à centelha da vida como insanos. Somos reféns de nosso próprio mal. E, espantosamente, há pessoas que não se redimem nem no leito de morte. Queremos sim, a vida, mas devemos nos preparar para aceitar que ela não é nossa subalterna. Sabiamente ela começa e termina. Cabe apenas a nós viver de maneira honrosa e poder dizer que, em qualquer momento em que ela se findar, seremos plenamente convictos de que aquele é o tempo certo. O tempo certo para encerrar uma existência bem vivida, uma tênue existência.


Elzenir Apolinário

29 comentários:

  1. Espero que meu fim não venha logo...kkkkkkkk...

    Bjuxxx

    ResponderExcluir
  2. Não conheço o livro que refere, mas confesso que fiquei bastante curiosa.
    As razões da morte... Quem quer conhecê-las?

    Um beijo

    ResponderExcluir
  3. Perfeito,Elzenir. Você é muito sensível e inteligente. Já ouvi dizer sobre o livro, dizem ser ótimo. Sobre seu texto em si, nós 'pensamos' que somos autosificientes, somos mesmo uns fracos, ignroantes, que não vemos que a essência está dentro da gente, na alma, e que viver, não é quantidade, é qualidade. Ficam discutindo qualidade de vida, mas só falam de comer bem, morar ter carro do ano, tv a cabo, isso tudo também é bom, mas esquecem de dar um simples bom dia nas ruas. Qualidade de vida é isso.Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda tenho muito medo da morte.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  5. Minha querida amiga
    Não conheço o livro, mas pelo texto deve ser interessante, mas a imagem do principio, define a vida e a moite uma linha ténue.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  6. Carlos, não queremos mesmo ir cedo. Temos sonhos, desejos,apegos e a incerteza do que vamos encontrar.Espero q vc fique mais...rs. Mas quando chega a hora....Bjs

    ResponderExcluir
  7. Carlos, obrigada!!Sou apenas uma pessoa observadora, desde menina. Sofria pela timidez,mas ganhava na observância das coisas e pessoas ao meu redor. Não quero ser pretenciosa, ou superior a ninguém, mas observo como o ser humano é fraco e ignorante,ademais, se sou humana,isto me inclui. Bjs

    ResponderExcluir
  8. Aninha, eu também morro de medo de morrer afogada. É fobia, mesmo. A violência física também me assusta. Tudo é morte, de qualquer jeito.Mas lutemos contra nossos medos. Bjs

    ResponderExcluir
  9. Sonhadora, a ideia da linha tênue nasceu das minhas observâncias. O livro retrata a condição humana, e o olhar da morte sobre nós. Muito interessante.Fica a dica. Bjs

    ResponderExcluir
  10. Olá Elzenir!

    Parabéns pelo teu texto!

    Estou aqui há mais de meia hora...
    Já li e reli o teu texto, já me emocionei..., escutei músicas que me encantam e agora digo-te que a morte não me assusta...
    Digo-te mais... (e não te preocupes com o que vais ler), há momentos em que a saudade é tanta que..., se a sua vinda servir para matar a saudade...:=)
    Há um texto muito lindo e que me ajuda imenso quando a saudade aperta muito... deixo-te aqui o link..., depois me dirás...

    http://serpai-acerca-de.blogspot.com/2009/08/de-eso-no-se-habla.html

    Um beijo e boa quarta-feira.

    ResponderExcluir
  11. Alma, li o texto de Sérgio, uma maravilha. Assim como ele, eu também baseei em uma situação acontecida que me levou a fazer esta releitura. A saudade de pessoas que se foram justifica seu anseio pela morte, mas pense nas muitas pessoas que ainda por aqui estão e necessitam de sua companhia. Fique com Deus, esta postagem ganhou mais significância com seu comentário.Sinta um forte abraço meu.

    ResponderExcluir
  12. Prefiro conscientizar a finitude como viver a vida toda que tenho para viver e mais seis meses.

    Beijo pra vc Elzenir.

    ResponderExcluir
  13. Muito bom! Escrevi sobre a linha tênue há um tempinho no blog,mas, não com essa clareza e inteligência que colocou aqui. Creio que essa linha existe e estar em cima dela requer equilíbrio. Enfim...Amei a maneira que abordou o tema. Bastante reflexivo e também um alerta.
    Ah...Postei meu primeiro post no bloggirls,se puder dê uma passadinha ok!
    http://asmeninasdoblog6.blogspot.com/2010/06/nem-mais-nem-menos.html#comments
    Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  14. Hod, querido, que atencioso! Vc comentou todas as postagens. You are a gentleman.Já sentia sua falta. Amei. Bjs

    ResponderExcluir
  15. Elaine, obrigada pelos elogios, escrevo com a união da emoção e da razão. A sensatez requer a união das duas vertentes.O alerta fica para quem sabe ouvir. Bjs

    ResponderExcluir
  16. O corpo é apenas um instrumento de acolhimento da alma, está sim é imortal.
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Querida amiga!
    Que lindo texto, e quanta verdade!
    Adorei ter lido este texto hoje... fez-me um bem enorme!
    Beijos, flores e muitos sorrisos!

    ResponderExcluir
  18. Wander,os registros da alma, sim, são eternos. Bjs

    ResponderExcluir
  19. Carmem, beijos, flores e sorrisos...que mais eu posso querer? Tudo p vc também, obrigada!!

    ResponderExcluir
  20. ********************************************

    Boa noite Elzenir!

    Por toda sua ternura no BRAILLE DA ALMA, lhe ofereço cinco opções de mimo. É só escolher e trazer para o seu cantinho. Se preferir pegar todos... Bom, fique a vontade! Você merece pela beleza do seu trabalho!

    Eles estão no canto direito da página ou neste link:
    http://brailledalmamimos.blogspot.com/

    Mimos em questão:

    *** "Prêmio Dardos" (dobradinha)
    *** "Prêmio Blog original"
    *** "Selo Meme"
    *** "Melhores Blogs Culturais do Brasil"

    Bjuxxx e xerooo querida.

    Juliana Carla
    brailledalma.blogspot.com

    ********************************************

    ResponderExcluir
  21. Juliana, vou correndo pegar!!!OBRIGADA!!!!Bjs

    ResponderExcluir
  22. Estamos sempre caminhando nela..o existir e o não existir estão pertos um do outro,,,beijos de bom dia pra ti.

    ResponderExcluir
  23. Bom dia, Everson,estão intrincados!!!Bjs

    ResponderExcluir
  24. Hoje uma oração para os meus amigos:

    Senhor, Olhai pelo meu amigo!
    Que as pedras sejam removidas do seu caminho,
    Que tenha forças para carregar seus fardos,

    Que encontre coragem para resistir ao mal,
    Que possa ver o amor em todos os seres,
    Que seja abraçado pela lealdade,
    Que encontre conforto e saúde se estiver doente,
    Que seja próspero e saiba partilhar,
    Que tenha paz cobrindo seu espírito,
    Que sua mente obtenha os conhecimentos,
    Que use sabedoria para aplicá-los,
    Que saiba distinguir o Bem do mal,
    Que tenha Fé para manter-se forte na dor.

    SENHOR, Olhai pelo meu amigo!
    Protegei cada passo que ele der,
    Que a cada novo dia ele aceite o novo,
    Que saiba alegremente comunicar novidade,
    Que Vos sinta em todos os momentos
    E que tenha o Vosso colo por toda a Eternidade!
    Amém.

    (desconheço autoria).

    beijooo.

    ResponderExcluir
  25. Perfeito, fiquei até sem palavras...
    Beijo, beijo querida!
    She

    ResponderExcluir
  26. ANA, não haveria dia melhor p vc me mandar este poema, para mim, uma oração. Que Deus te ilumine sempre. Amém. Sabia q amém significa o abraço de Deus? AMÉM!

    ResponderExcluir
  27. SHE, obrigada sei q nunca seremos perfeitos, podemos abeirarmos dela,apenas. Mas escrevi de coração e razão. Mil beijos!!!

    ResponderExcluir
  28. A morte é um caminho natural da vida, mas enquanto ela não chega, temos de aproveitar bastante cada um dos nossos dias...

    Fique com Deus, menina Elzenir.
    Um abraço.

    ResponderExcluir

Releituras